Apresentação

A comunicação de ciência a públicos alargados, bem como a literacia mediática e científica básica, são elementos fundamentais das sociedades democráticas desenvolvidas. Se é certo que na década de 90 as “autoestradas da informação” prometiam acesso irrestrito ao conhecimento para aperfeiçoamento individual e coletivo, o dealbar do século XXI mostrou as limitações dessa esperança iluminista. Redes sociais, gestão algorítmica da informação e sua disseminação, um novo capitalismo digital que se recompõe a partir das GAFA (Google, Apple, Facebook, e Amazon) criaram um ecossistema tóxico para a moderação e ponderação e ideal para a desinformação e polarização extremadas que acompanharam a ascensão do populismo. É uma guerra. E como no velho adágio dos jornalistas, a primeira vítima de qualquer guerra é a verdade.

No atual ecossistema mediático, em que as redes sociais se assumem como autoridade máxima na distribuição de conteúdos noticiosos, os jornalistas e os media perderam autoridade informativa. A par disso, as descobertas científicas têm sido cada vez mais contestadas e alvo de julgamentos que ignoram os factos, mas que priorizam uma opinião enviesada e limitada às crenças pré-existentes. O ideal de verdade, que a par da factualidade e objetividade científica mereceu o respeito por parte da sociedade e contribuiu para a evolução da humanidade encontra-se fortemente abalado. Foi este ideal de verdade, perseguido por cientistas, académicos e jornalistas, que fortaleceu a credibilidade das instituições públicas da democracia.  No entanto hoje, uma improvável conjugação de fatores sociais e políticos levaram ao desgaste da verdade e da autoridade da ciência, inaugurando a chamada era da pós-verdade, uma espécie de twilight zone na qual existe uma nunca vista tolerância para com a mentira, a imprecisão e a subjetividade.

Este ambiente tóxico para a verdade e a informação é frequentemente analisado no âmbito dos estudos em jornalismo, porquanto tradicionalmente a desinformação, aliada da propaganda, era sobretudo política. Com o extremar da polarização no novo ecossistema, a era da omni desinformação com motivações políticas alarga-se a muitos outros campos da atividade humana, tendo atingido nos últimos dois anos, e com especial violência, a Comunicação de Ciência.

Quando a pandemia de Covid-19 foi declarada em 2020, acompanhada de medidas de restrição das liberdades individuais um pouco por todo o mundo, estava criado o contexto para que a crise de desinformação, até então uma arma sobretudo política, ocupasse o campo da ciência, com consequências graves para a saúde pública e o desgaste da confiança nas instituições – dos media, passando pelos cientistas, indústria farmacêutica e autoridades de saúde pública encarregues das decisões e coordenação do combate à pandemia.

Esta conferência reflete sobre a crise da desinformação no campo da ciência, e o seu uso como arma política para desestabilizar e desgastar as democracias. Na grande federação de todos os descontentamentos de que se alimenta o novel populismo a desinformação de ciência tornou-se também ela uma arma, com consequências diretas na capacidade de tomar decisões informadas e no funcionamento da democracia.

São temas de interesse para esta Conferência:
• Papel da Comunicação de Ciência no combate à desinformação
• Autoridade e credibilidade do jornalismo em tempos de “desinfodemia”
• Autoridade e credibilidade dos cientistas em tempos de “desinfodemia”
• Teorias da conspiração: origem, difusão, objetivos, formato, etc
• A comunicação de ciência nos media: análises qualitativas e quantitativas
• Comunicação de Ciência e confiança nas instituições
• Estratégias, estudos de caso, projectos-piloto para uma melhor comunicação de ciência
• Literacia mediática e literacia científica
• Vulnerabilidade dos públicos: propaganda e persuasão
• Fixação da crença e resiliência
• Consumo de notícias e “News avoidance”
• Papel dos fact-checkers no novo ecossistema mediático
Star-system, influencers e desinformação
• Redes sociais e comunicação de ciência: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube, Tik.tok
• Autoridade e credibilidade da imagem em tempos de “desinfodemia”

Chamada de Trabalhos

A Organização da IV Conferência Internacional Comunicar Ciência convida à submissão de propostas de comunicação sobre o tema genérico “A desinformação durante o combate à pandemia Covid-19”, a enquadrar a partir de uma das seguintes áreas de interesse (ou outra, afim às propostas):


• Papel da Comunicação de Ciência no combate à desinformação
• Autoridade e credibilidade do jornalismo em tempos de “desinfodemia”
• Autoridade e credibilidade dos cientistas em tempos de “desinfodemia”
• Teorias da conspiração: origem, difusão, objetivos, formato, etc
• A comunicação de ciência nos media: análises qualitativas e quantitativas
• Comunicação de Ciência e confiança nas instituições
• Estratégias, estudos de caso, projectos-piloto para uma melhor comunicação de ciência
• Literacia mediática e literacia científica
• Vulnerabilidade dos públicos: propaganda e persuasão
• Fixação da crença e resiliência
• Consumo de notícias e “News avoidance”
• Papel dos fact-checkers no novo ecossistema mediático
• Star-system, influencers e desinformação
• Redes sociais e comunicação de ciência: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube, Tik.tok
• Autoridade e credibilidade da imagem em tempos de “desinfodemia”


Resumo / Abstract (PDF)
O resumo das propostas de comunicação, até um máximo de 500 palavras, redigido em português, inglês ou espanhol, deve incluir título, tema e relevância do mesmo, questão de investigação e hipótese(s) a ser explorada(s), quadro conceptual e metodológico, resultados previstos (se aplicável), 3 a 5 palavras-chave e (preferencial, mas não obrigatoriamente) até 5 referências bibliográficas. O título, as palavras-chave e as referências não são contabilizados no limite de palavras referido. O resumo não pode conter nenhum elemento que permita identificar a autoria da proposta. O ficheiro deve ser submetido em PDF.


Submissão do Resumo / Abstract
O resumo deve ser submetido até 15 de Julho de 2022, enviando um e-mail para comunicarciencia@labcom.ubi.pt. Solicitamos aos autores / participantes que coloquem “Submissão de Proposta / Resumo” no Assunto / Subject e que incluam a seguinte informação no corpo de e-mail: Nome Completo, E-mail de contacto (podem ser incluídos, por segurança, um e-mail principal e um e-mail secundário, sendo fundamental que ambos sejam consultados com regularidade), Instituição de pertença (Universidade, Departamento, Unidade de Investigação, Empresa, Outros) e Ocupação / Profissão. Esta informação deve ser repetida para cada um/a dos/das autores/as associados/as à proposta submetida, respeitando a ordem pela qual os nomes surgirão listados no artigo final. Cada participante poderá submeter até um máximo de três propostas, uma como autor/a principal e duas em co-autoria (nas quais poderá ser segundo/a autor/a, terceiro/a ou afim).


Revisão
Todas as propostas recebidas serão avalidas no âmbito de um processo de revisão cega por pares, sendo seleccionadas aquelas que demonstrem maior relevância, originalidade e adequação ao tema e objectivos da Conferência. Serão excluídas todas as propostas que, após revisão dupla, não satisfaçam estes critérios.


Notificação
Os autores cuja proposta de comunicação for selecionada serão notificados da respectiva aceitação até 30 de Julho de 2022


Submissão do artigo completo
A versão integral do texto correspondente à proposta de comunicação apresentada deverá ser submetida até dia 30 de Outubro de 2022, seguindo as Normas de Submissão a disponibilizar para o efeito no site da conferência.


Revisão do artigo completo
Uma vez recebido, o artigo será revisto por membros da Comissão Científica e, a dar-se o caso, os seus autores serão notificados sobre a necessidade de efectuar quaisquer alterações que venham a ser recomendadas pelos revisores.


Idiomas de trabalho
Português, Inglês e Espanhol


NOTAS
1. A data limite para submissão de propostas de comunicação não será prorrogada.
2. A publicação (em suporte de papel ou digital) do artigo não implica o pagamento de qualquer taxa adicional, além do valor de inscrição definido para participar na Conferência.
3. O envio dos textos na sua versão final pressupõe a cedência tácita dos direitos de publicação à Universidade da Beira Interior.
4. A obtenção da autorização de publicação de quaisquer imagens integradas nos artigos é da responsabilidade dos autores.

Convidados


Adriano Cerqueira

Jornalista de ciência e produtor do podcast '90 Segundos de Ciência' da Antena 1. Autor do livro ‘Porque Flutuam os Meus Cereais?’, recentemente listado no Plano Nacional de Leitura na categoria de Ciência e Tecnologia. Adriano Cerqueira é Mestre em Multimédia pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, e licenciado em Ciências da Comunicação:Jornalismo, Assesoria e Multimédia pela mesma universidade.


Felisbela Lopes

Professora Associada com Agregação da Universidade do Minho onde trabalha desde 1994, sendo atualmente diretora do Departamento de Ciências da Comunicação. Entre 2009 e 2014, foi aí Pró-Reitora para a área da Comunicação. Entre 2020 e 2021, integrou uma equipa de especialistas responsável pelos planos de desconfinamento do país. Tem centrado a sua investigação académica nas áreas da informação televisiva, da comunicação/jornalismo da saúde e das fontes de informação e tem desenvolvido o ensino no campo do Jornalismo em todos os ciclos de estudo. Integrou o grupo que propôs ao Governo português as medidas de desconfinamento do país em contexto pandémico. É autora de vários artigos em revistas científicas e de livros, entre os quais se destacam A Covid-19 em Portugal: a estratégia (UMinho Editora, 2022) Marcelo, Presidente todos os dias (Porto Editora, 2019), Jornalista: uma profissão ameaçada (Alêtheia, 2015); Vinte Anos de TV Privada em Portugal (Editora Guerra e Paz, 2012); A TV do Real (Minerva, 2008); A TV das Elites (Campo das Letras, 2007) e o Telejornal e o Serviço Público (Minerva, 199). É comentadora residente da RTP para os temas de comunicação. É colunista semanal do Jornal de Notícias.

Moisés de Lemos Martins

Moisés de Lemos Martins é Professor Catedrático do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho. Dirigiu o Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), que fundou em 2001. Foi Diretor da revista Comunicação e Sociedade, e também da Revista Lusófona de Estudos Culturais. Doutorado pela Universidade de Estrasburgo em Ciências Sociais (na especialidade de Sociologia), em 1984, tem publicado, no âmbito da Sociologia da Cultura, Semiótica Social, Sociologia da Comunicação, Comunicação Intercultural, Estudos Lusófonos. Dirigiu o Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. Foi Presidente da Sopcom - Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação; da Lusocom - Federação das Associações Lusófonas de Ciências da Comunicação; e da Confibercom - Confederação Ibero-Americana das Associações Científicas e Académicas de Comunicação. Destacam-se as seguintes obras: Crise no Castelo da Cultura. Das Estrelas para os Ecrãs; A Linguagem, a Verdade e o Poder - Ensaio de Semiótica Social; Para uma Inversa Navegação - O Discurso da Identidade; O Olho de Deus no Discurso Salazarista; Lusofonia e Interculturalidade - Promessa e Travessia.”



Carlos Fiolhais

Nasceu em Lisboa, em 1956.Licenciou-se em Física na Universidade de Coimbra (1978) e doutorou-se em Física Teórica na Universidade Goethe, Frankfurt (1982). É professor catedrático (aposentado) de Física da Universidade de Coimbra. Foi professor convidado em universidades do Brasil e EUA. É autor de dezenas de livros pedagógicos e de divulgação científica e de numerosos artigos científicos, pedagógicos e de divulgação. Ganhou os Prémios: Mérito do MInistério da Ciência e Tecnologia (2022), José Mariano Gago da SPA (2018), Ciência Viva-Montepio (2017), o Globo de Ouro de Mérito e Excelência em Ciência da SIC (2005), a Ordem do Infante D. Henrique (2005), Inovação do Forum III Milénio (2006) e Rómulo de Carvalho da Universidade de Évora (2006). Foi director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra e Coordenador da área do Conhecimento da Fundação Francisco Manuel dos Santos. Fundou o Rómulo - Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra e dirige a colecção Ciência Aberta da Gradiva.


Maria Vicente

Maria Vicente é gestora do projeto internacional H2020 Open Science Hub Network na Universidade de Leiden (Países Baixos), que tem como objetivo envolver escolas e agentes locais em processos de investigação e de inovação, como ferramentas para abordar desafios de relevância local e contribuir para o desenvolvimento sustentável de comunidades locais. É ainda a coordenadora científica da Plataforma de Ciência Aberta - Município de Figueira de Castelo Rodrigo (Portugal). Tem um doutoramento em Neurociências e foi responsável pelo programa de Educação de Ciência no Centro Champalimaud, em Lisboa. Faz também parte dos Orgãos Sociais da ScicomPt - Rede de Comunicação de Ciência e Tecnologia de Portugal e da Comissão Instaladora da Rede Portuguesa de Ciência Cidadã.



Raquel Recuero

Raquel Recuero é professora do Centro de Letras e Comunicação da UFPEL e do Programa de Pós Graduação em Comunicação da UFRGS e pesquisadora do CNPq no Brasil. Autora de diversos livros e artigos, é também coordenadora do Laboratório de Pesquisa MIDIARS (Mídia, Discurso e Análise de Redes Sociais). É ainda Vice-presidente da Compós (2021-2022) e Open Seat Executiva da Association of Internet Researchers (2021-2023). Sua pesquisa tem focado aspectos relacionados à desinformação em saúde e política na mídia social e aos métodos digitais. Autora de vários livros sobre redes sociais na internet e mídia social, capítulos e artigos, e membro do corpo editorial de diversos periódicos, com experiência nas áreas de Comunicação e Linguística Aplicada, com foco em Mídia Social, Discurso e Métodos Digitais.



Programa

Fuso Horário - Portugal Continental (GMT+1)
Download do Programa (.PDF)
Acompanhar todas as sessões a partir do Youtube

06 0UT — QUINTA-FEIRA

ON-LINE

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

14h00 — 14h30
Sessão de Abertura


André Barata Nascimento
Presidente da Faculdade de Artes e Letras
José António Domingues
Presidente do Depo de Comunicação, Filosofia e Política
Anabela Gradim
Coordenadora Científica do LabCom — Comunicação e Artes
Catarina Moura
Representante da Comissão Executiva


14h30 — 15h00
Sessão Plenária 01

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Moderação
Anabela Gradim


14h30 — 14h50
O lugar dos académicos na informação jornalística: as lições da pandemia

Felisbela Lopes
Universidade do Minho / CECS

[ Anfiteatro da Parada ]


14h50 — 15h00
Debate

15h00 — 16h45
PAINEL 01


JORNALISMO E COMUNICAÇÃO DE RISCO

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Moderação
Branco Di Fátima


15h00 — 15h15

ID403
A cobertura jornalística sobre os ataques de tubarão em Pernambuco: a espetacularização da morte e a (des)construção de estereótipos

Renata Trajano Magalhães da Silveira
Univ. Federal de Pernambuco
Mariana Guenther
Univ. Federal de Pernambuco
Heitor Costa Lima da Rocha
Univ. Federal de Pernambuco


15h15 — 15h30

ID404
Comunicação, jornalismo e ciência: a guinada linguística/pragmática no paradigma científico
Heitor Costa Lima da Rocha
Univ. Federal de Pernambuco
Mariana Guenther
Univ. Federal de Pernambuco

15h30 — 15h45

ID405
Jornalismo científico, subjetividade e credibilidade: desafios frente à desinformação e ao negacionismo
Mariana Guenther
Univ. Federal de Pernambuco
Heitor Costa Lima da Rocha
Univ. Federal de Pernambuco

15h45 — 16h00

ID418
Propuesta estratégica para la divulgación y diseminación del conocimiento científico en redes sociales
Dory Merino
Univ. Internacional de la Rioja
Marta Sánchez Esparza
Univ. Rey Juan Carlos

16h00 — 16h15

ID424
Jornal da USP como agente da divulgação da Ciência e do combate à desinformação
Carla de Oliveira Tôzo
Univ. de São Paulo

16h15 — 16h30
Debate

16h30 — 18h15
PAINEL 02


COMUNICAR PANDEMIA

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Moderação
Pedro Jerónimo


16h30 — 16h45

ID402
A pandemia do novo coronavírus e a veiculação do discurso científico em portais de notícia no Brasil

Germana Plácido
Univ. Federal do Maranhão
Idayane Ferreira
Univ. Federal do Maranhão
Michele Souza
Univ. Federal do Maranhão


16h45 — 17h00

ID406
Corrigir informação sobre risco na pandemia da COVID-19

Adalberto Fernandes
Centro para Filosofia da Ciência, Univ. de Lisboa

17h00 — 17h15

ID409
Divulgación y acceso a la ciencia por investigadores y profesores en España, desde un enfoque de género

Ángela Martín-Gutiérrez
Univ. Internacional de la Rioja / Univ. de Sevilla
Elias Said-Hung
Univ. Internacional de la Rioja

17h15 — 17h30

ID410
Trocas digitais e boas práticas de enfrentamento à COVID-19: etnografias multimodais em três estados do Nordeste brasileiro

Ana Gretel Echazú Böschemeier
Univ. Federal do Rio Grande do Norte
Breno da Silva Carvalho
Univ. Federal do Rio Grande do Norte

17h30 — 17h45

ID414
A ‘Capitã Cloroquina’ na pandemia no Brasil: a instrumentalização do discurso científico na CPI da Covid em 2021

Danielly Bezerra dos Santos
Univ. Federal de Pernambuco
Isaltina Azevedo Mello Gomes
Univ. Federal de Pernambuco

17h45 — 18h00

ID425
Literacia midiática para inclusão e participação de novos públicos no debate sobre ciência

Bárbara Bastos de Lima Duque
Univ. Federal de Juiz de Fora

18h00 — 18h15
Debate


07 0UT — SEXTA-FEIRA

ON-LINE / PRESENCIAL

Conferencistas / Ouvintes - YouTube


09h30 — 11h00
PAINEL 03


COMUNICAR CIÊNCIA E TECNOLOGIA: ESTUDOS APLICADOS

Moderação
João Pedro Baptista


Modalidade
On-line



09h30 — 09h45

ID401
Monkeypox, racismo e xenofobia: exposição de corpos negros na divulgação científica de casos da varíola dos macacos no Brasil e em Portugal

Carlos Alberto de Carvalho
Univ. Federal de Minas Gerais
Verônica Soares da Costa
Pontifícia Univ. Católica de Minas Gerais
Antonio Carlos Fausto da Silva Júnior
Univ. Federal de Minas Gerais


09h45 — 10h00

ID407
A verdade da mentira – Desinformação online
Patrícia Oliveira Teixeira
Univ. de Trás-os-Montes e Alto Douro

10h00 — 10h15

ID408
O que fazer quando o governo desinforma? Cenários de enfrentamento à desinfodemia no Brasil (2020 - 2022)
Pâmela Araujo Pinto
Fundação Oswaldo Cruz
Eleonora de Magalhães Carvalho
Univ. Federal Fluminense

10h15 — 10h30

ID415
O avanço do discurso antivacina no Facebook e a Covid-19
Taiane de Oliveira Volcan
Univ. Federal de Pelotas/h5>
Raquel da Cunha Recuero
Univ. Federal de Pelotas
Franceli Couto Jorge
Univ. Federal de Pelotas

10h30 — 10h45

ID423
“Criatividade na ciência”: pensamento em Design aplicado ao ensino de Ciências
Anderson Antonio Horta
Univ. do Estado de Minas Gerais
Délcio Julião Emar de Almeida
Centro Univ. de Belo Horizonte – UNIBH
João Vitor do Vale Marques
Univ. do Estado de Minas Gerais
Júlio César Alessi de Carvalho Lafetá
Centro Univ. de Belo Horizonte – UNIBH
Michelle de Alvarenga Pinto Cotrim
Univ. do Estado de Minas Gerais
Rita Aparecida da Conceição Ribeiro
Univ. do Estado de Minas Gerais
Clara Santana Lins Cerqueira
Univ. do Estado de Minas Gerais

10h45 — 11h00
Debate

11h00 — 12h30

WORKSHOP

À procura da verdade? Esquisso ético de comunicar ciência

Ana Leonor Santos
Universidade da Beira Interior / PRAXIS

Modalidade
On-line

12h30
Abertura do Secretariado / Registo

[ Disponível até ao encerramento dos trabalhos ]
Localização
Hall da Sala dos Conselhos, Pólo 1 / FAL - UBI

14h00 — 15h00
DESINFORMAÇÃO DURANTE O COMBATE À PANDEMIA COVID-19

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Moderação
Catarina Moura


Localização
Sala dos Conselhos, Pólo 1 / FAL - UBI


14h00 — 14h20
Desinformação, Discurso e a Mídia Social Raquel Recuero, Universidade Federal de Pelotas

Raquel Recuero
Universidade Federal de Pelotas

14h20 — 14h40
A ciência como luz na escuridão

Carlos Fiolhais
Universidade de Coimbra

14h40 — 15h00
Pandemia, informação e comunicação da ciência

Moisés de Lemos Martins
Universidade do Minho / CECS

15h00 — 15h20
Debate

15h30 — 17h15
PAINEL 04


COMUNICAR CIÊNCIA E TECNOLOGIA: PERSPETIVAS METODOLÓGICAS

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Moderação
Aline Grupillo


Localização
Sala dos Conselhos, Pólo 1 / FAL - UBI



15h30 — 15h45

ID412
Discursos populistas na pandemia de COVID-19: os casos de Jair Bolsonaro e André Ventura no Facebook

Vinícius Barbosa Albernaz
Univ. da Beira Interior
Caio César Gonçalves de Souza
Univ. da Beira Interior

15h45 — 16h00

ID416
“É música para os meus ouvidos”. Ou seráciência? Uma abordagem exploratória sobre o potencial da sonificação de dados para a comunicação de ciência

Ricardo Morais
Univ. do Porto / LabCom
Ana Sofia Paiva
NOVA – FCSH / ICNOVA

16h00 — 16h15

ID419
Comunicar para prevenir ou orientar? Padrões da investigação sobre Covid-19 e Comunicação nas revistas Scopus

Sónia Melo da Silva
Univ. de Trás-os-Montes e Alto Douro / CECS
Fábio Fonseca Ribeiro
Univ. de Trás-os-Montes e Alto Douro / CECS

16h15 — 16h30

ID421
Mediations between scientific knowledge and cognitive bias: employing semantic assets and semiotic tools of communication design in media content circulation

Heitor Alvelos
Univ. do Porto / ID+
Susana Barreto
Univ. do Porto / ID+
Pedro Alves da Veiga
Univ. Aberta / CIAC
Abhishek Chatterjee
Univ. de Aveiro / ID+
Jorge Brandão Pereira
Instituto Politécnico do Cávado e do Ave / ID+

16h30 — 16h45

ID422
Midiatização de ciência: Aspectos comparativos sobre a abordagem e a cobertura telejornalística de CT&I no Brasil e em Moçambique

Ulysses Nascimento Varela
Univ. Federal de Santa Maria

16h45 — 17h00

ID426
Online mis/disinformation in the era of COVID-19. How do children face the disease?

João Pedro Baptista
Univ. de Trás-os-Montes e Alto Douro / LabCom
Bianca Toniolo
Univ. da Beira Interior / LabCom
Cecília Ramos
Univ. da Beira Interior / LabCom
Anabela Gradim
Univ. da Beira Interior / LabCom
Valeriano Piñeiro-Naval
Univ. de Salamanca / LabCom

17h00 — 17h15

ID427
O alcance do fact-checking: o caso da vacina contra a Covid-19 no Facebook e em Portugal

Luísa Guimarães Torre
Univ. da Beira Interior / LabCom
Branco di Fátima
Univ. da Beira Interior / LabCom
Pedro Jerónimo
Univ. da Beira Interior / LabCom

17h15 — 17h30

Debate

17h30 — 17h45

Coffee-break

17h45 — 18h20
SESSÃO PLENÁRIA 03


COMUNICADORES DE CIÊNCIA: EXPERIÊNCIAS, DESAFIOS E OPORTUNIDADES

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Moderação
Anabela Gradim


Localização
Sala dos Conselhos, Pólo 1 / FAL - UBI



17h45 — 18h05

ID416
90 Segundos de Ciência: como Comunicar Ciência em tempos de pandemia

Adriano Cerqueira
FCSH, Universidade Nova de Lisboa

18h05 — 18h25
Plataforma de Ciência Aberta: ciência e inovação como motores para o desenvolvimento comunitário

Maria Vicente
Plataforma de Ciência Aberta de Figueira de Castelo Rodrigo

18h25 — 18h30

Debate

18h30
Sessão de Encerramento

Conferencistas / Ouvintes - YouTube

Inscrições


Taxas de Inscrição, Participação e Isenções

Valor geral para autores com proposta aceite: 60 euros (50 euros para participações on-line)

Valor para autores com proposta aceite (estudantes de mestrado, estudantes de doutoramento, investigadores): 40 euros (30 euros para participações on-line)

VValor geral para participantes sem comunicação (presencial ou on-line, com acesso a certificado de participação e materiais de apoio à Conferência): 10 euros (requer inscrição)

Participação sem comunicação, sem certificado e sem materiais de apoio: Gratuita (não requer inscrição)

Isenções (relativas a participações com comunicação): Docentes, estudantes e investigadores da Universidade da Beira Interior. Os participantes isentos devem, ainda assim, submeter a sua inscrição (que, neste caso, funciona como confirmação de presença na Conferência)


Formalização da inscrição

A formalização da inscrição requer o envio, por email (comunicarciencia@labcom.ubi.pt), por parte de cada autor/a com proposta de comunicação aceite ou participante sem comunicação que deseje ter acesso a certificado e aos materiais de apoio à Conferência, do comprovativo de pagamento do valor indicado, até 5 de Setembro, acompanhado da seguinte informação:

1. Nome completo
2. Instituição (Universidade, Faculdade e/ou Departamento, Unidade de Investigação, Outra)
3. Profissão / Ocupação
4. E-mail de contacto
5. NIF (ou Nº de Passaporte, se aplicável) a constar do recibo
6. Morada para emissão do recibo
7. Os estudantes devem anexar comprovativo de matrícula
8. Modalidade de participação (presencial / on-line)


Pagamento

Transferência bancária a favor de 
Entidade:
Universidade da Beira Interior  
Banco:    
Santander
IBAN:        
PT50 0018 0003 2322 0304 0208 9
SWIFT:      
TOTAPTPL


Contacto

Para formalizar a inscrição, enviar email para: Catarina Moura (comunicarciencia@labcom.ubi.pt)


Autores

Os/As autores/as com comunicação aceite têm necessariamente de efetuar o pagamento da taxa de inscrição correspondente até à data-limite definida para o efeito (5 de Setembro), uma vez que este procedimento garante a sua presença no programa da Conferência, no Livro de Resumos e a publicação do(s) seu(s) artigo(s). No caso de propostas com vários autores, pelo menos um deles deve estar inscrito.
A inscrição na Conferência, na qualidade de autor com comunicação aceite, dá acesso a:

— Integrar o programa da Conferência e o Livro de Resumos
— Certificado de participação
— Materiais de apoio à Conferência
— Publicação do texto final (edição com ISBN)
— Refeições (2 almoços e 1 jantar) durante o período em que decorre o evento

Calendário


Datas importantes

Data-limite para envio de propostas: 15 de Julho
Notificação aos autores: 30 de Julho
Data-limite para inscrição de autores com proposta aceite: 5 de Setembro
Data-limite para inscrições gerais: 5 de Outubro
Data-limite para envio dos textos finais: 30 de Outubro

Normas de Submissão

Informação a disponibilizar brevemente. Obrigada pela sua compreensão!

Comissões


Comissão Científica

Ada Cristina Machado Silveira, Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
Amélia Augusto, Universidade da Beira Interior
Ana Catarina Pereira, Universidade da Beira Interior
Ana Leonor Santos, Universidade da Beira Interior
Ana Paula Duarte
Anabela Carvalho, Universidade do Minho
Anabela Gradim, Universidade da Beira Interior
Anabela Oliveira, UTAD
André Azevedo da Fonseca, Universidade Estadual de Londrina
André Barata, Universidade da Beira Interior
Bernardo Gómez Calderón, Universidade de Málaga
Bruno Reis, UBI/ Universidade Autónoma de Lisboa
Carla Baptista, Universidade Nova de Lisboa
Carla Cerqueira, Universidade Lusófona
Carlos Camponez, Universidade de Coimbra
Catarina Burnay, Universidade Católica Portuguesa
Catarina Moura, Universidade da Beira Interior
Catarina Rodrigues, Universidade dos Açores
Cátia Rijo, Escola Superior de Educação de Lisboa
Cecília Santos, Universidade da Beira Interior
Cláudia Álvares, ISCTE
Cristina Marques Gomes, Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
Eduardo Paz Barroso, Universidade Fernando Pessoa
Enric Saperas, Universidade Rey Juan Carlos
Fábio Ribeiro, UTAD
Fabrizio Macagno, Universidade Nova de Lisboa
Fernando Zamith, Universidade do Porto
Flávia G. Rosa
Francisco Javier Paniagua Rojano, Universidade de Málaga
Gil Baptista Ferreira, Instituto Politécnico de Coimbra
Gisela Gonçalves, Universidade da Beira Interior
Gustavo Cardoso, ISCTE
Heitor Costa Lima da Rocha, Universidade Federal de Pernambuco 
Helena Lima, Universidade do Porto
Helena Sousa, Universidade do Minho
Inês Amaral, Universidade de Coimbra
Irene de Araújo Machado, Universidade de São Paulo
Isaltina Maria de Azevedo Mello Gomes, Universidade Federal de Pernambuco
Ivone Ferreira, Universidade Nova de Lisboa
João Canavilhas, Universidade da Beira Interior
João Correia, Universidade da Beira Interior
Joaquim Paulo Serra, Universidade da Beira Interior 
Jorge Pedro Sousa, Universidade Fernando Pessoa
Jorge Trindade, ESCS-IPL
José Ferreira Gomes, Universidade do Porto
José Luís Garcia, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
José Manuel Azevedo, Universidade do Porto
José Manuel Gomes Pinto, Universidade Lusófona
Juan José Igartua, Universidade de Salamanca
Luís António Santos, Universidade do Minho
Luís Bonixe, Instituto Politécnico de Portalegre
Manuel Bogalheiro, Universidade Lusófona
Marcos Palácios, Universidade Federal da Bahia
Maria Augusta Babo, Universidade Nova de Lisboa
Maria da Luz Correia, Universidade dos Açores
Maria do Céu Fonseca, Universidade de Évora
Maria João Centeno, Escola Superior de Comunicação Social
Maria José Brites, Universidade Lusófona
Maria Manuel Borges, Universidade de Coimbra
Mariana Guenther Soares, Universidade de Pernambuco (UPE)
Marisa Torres da Silva, Universidade Nova de Lisboa
Marlene Loureiro, UTAD
Marta Cristina Sánchez Esparza, Universidade Rey Juan Carlos
Miriam Rodríguez Pallares, Universidade Complutense de Madrid
Mirian Rejowski, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Mirian Tavares, Universidade do Algarve
Nelson Zagalo, Universidade de Aveiro
Nuno Correia de Brito, Universidade Autónoma de Lisboa
Paula do Espírito Santo, Universidade de Lisboa (ISCSP)
Paulo Trincão, Museu da Ciência da Universidade de Coimbra
Paulo
Pedro Coelho, Universidade Nova de Lisboa
Pedro Pinto de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso
Raul Ramalho, Universidade Federal de Rio Grande do Norte
Rita Salvado, UBI, Museu dos Lanifícios
Samuel Mateus, Universidade da Madeira
Sandra Tuna, Universidade Fernando Pessoa
Sílvia Socorro, Universidade da Beira Interior
Teresa Franqueira, Universidade de Aveiro
Valeriano Naval, Universidade de Salamanca
Vasco Branco, Universidade de Aveiro
Vasco Ribeiro, da Universidade do Porto
Vítor Amaral, Instituto Politécnico da Guarda


Organização

Anabela Gradim
Catarina Moura
João Baptista


Comissão Executiva

Anabela Gradim
Catarina Moura
João Baptista
Beatriz Botelho


Contactos

Geral / Informações
comunicarciencia@labcom.ubi.pt

Morada
Universidade da Beira Interior
LabCom — Comunicação e Artes
Avenida Marquês d’Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã, Portugal

Secretariado da Faculdade de Artes e Letras
Mércia Pires
+351 275242023 / ext. 1201